5 de set de 2018

Atualização Patrimonial, Agosto 2018 - R$ 119.062,05

Boa Galera, como vocês estão?

Mês de Agosto passou voando, como os demais meses, porém muito mais tranquilo para mim. Estava de férias, só o fato de ficar um mês sem trabalhar já é algo realmente muito bom.

Se comparar estas férias de 2018 com as de 2017, posso afirmar que estas foram bem mais ou menos, mas não tenho o que reclamar, férias é sempre bom. Não fiz nenhuma grande viagem, na verdade, fique só dentro de casa, jogando. Joguei tanto, que já nos dias finais das férias, meu ombro doía bastante, por causa de ficar numa mesma posição e movimentando bastante o mouse. 

Eu não tinha muito para onde ir, diferente de 2017, onde passei uns 15 dias no interior de SP, com meus irmãos e mãe. Infelizmente, agora eu entendo porque o pessoal briga para tirar férias no fim do ano. É realmente mais confortável e melhor ficar de férias, quando a maioria também está. Como eu sou bem caseiro e não aprendi a me divertir e ter lazer de boa qualidade, só realizo alguma atividade fora da rotina quando sou convidado a fazer.

Quando voltei ao trabalho, foi mais ou menos na semana onde o Jornal Nacional estava entrevistando os candidatos a presidência. A conversa nos corredores da repartição eram acaloradas, discutindo qual candidato era melhor, mais inteligente, mais preparado e com melhor currículo escolar (curso superior). 

É incrível como eu sou bem apático a este tema, não dou a mínima para quem vai ser o próximo Presidente. Será que as pessoas não enxergam que é tudo teatro e mentiras? Que ninguém ali fala a verdade, ou mostram sua verdadeira face, que no fundo só querem satisfazer seu ego e abocanhar sua fatia no bolo. 

Como eu trabalho na área da educação, e com 90% dos meus colegas de trabalho são mulheres, depois da entrevista do Jair Bolsonaro, o "zum, zum, zum" nos corredores e salas foi intenso. Foram uns três dias (e até hoje) se falando disso. Claro, 99% do tempo falando mal e pontuando as características negativas do candidato. De tanto o pessoal falar sobre isso e me pedir um posicionamento sobre o assunto, eu tive que assistir a essa entrevista pela internet.

Minhas impressões reais sobre a entrevista do JN com o Bolsonaro:

  • Tendenciosa: Foi uma entrevista extremamente tendenciosa, não vi os repórter Bonner e Renata fazerem uma pergunta sobre políticas públicas, sobre o plano de governo e metas para os próximos 4 anos. Senti que queriam apenas estereotipar o já estereotipado candidato.
  • Polêmica sobre salário desigual: O pessoal falava tanto no assunto do salário, que ele acha bom ver mulheres ganhando pouco que fez isso até no JN. Por mim ele só se defendeu da pergunta de cunho pessoal da entrevistadora, não vi polêmica alguma alí, na verdade, achei até engraçado a situação. 
  • Polemica sobre retirar os direitos trabalhistas: Acredito que ele, Alckimim e os demais candidatos que se intitulam reformistas (ou direita) vão ceder mais aos empresários, afinal, tem muitos empresários financiando suas campanhas. Infelizmente, não importa quem vai sentar na cadeira do próximo mandato, o presidente vai escravizar ainda mais a população, ou vai ter perca de poder salarial (inflação) ou perca de direitos trabalhistas. Eles são apenas marionetes ou um agentes do sistema.
  • Matar bandidos com 50 tiros: 1º, isso já acontece; 2º, são poucos os policiais homens o bastante para fazer isso; 3º, Mesmo armados com tanques e canhões, vão ser poucos os policiais homens o bastante para fazer isso, mas usarão isso a seu favor para conseguirem mais benefícios para a carreira militar e se aproveitar do cidadão civil manso; 4º, O bandidos ainda vão estar com seus fuzis matando e roubando; 5º, Para mudar essa realidade é preciso alterar tanto coisa no Brasil, nos mais diversos campos sociais que é impossível realizar esse cenário em 4 ou 8 anos; 6º, Não existe nenhum político disposto a comprar essa briga (mudança estrutural nas mais diversas áreas do Brasil), pois eles só querem proteger o que é seu. 
  • Livro homossexual para crianças: Complexo! Se as crianças não aprendem na escola, elas vão aprender nos funks cariocas, axes baianos e novelas da globo e cia. É um caminho sem volta, mais e mais gays vão surgir na sociedade e mais direitos eles terão. Se o seu filho for gay, anime-se, pelo menos ele terá cota em boas universidades, empregos melhores,  penas criminais mais brandas e melhores salários, enfim, poderá ter uma vida bem mais fácil e com muito mais lazer e tempo livre que você jamais teve.
  • O que ninguém ouviu, viu e comentou: O que mais me chamou atenção nessa reportagem foi algo que o Bolsonaro disse e que ninguém ouviu ou deu atenção. E isso me deixa com muito medo. Procurei na internet e vi vários blogs, sites como UOL, GLOBO, BBC e outros, analisando a entrevista, induzindo sua opinião aos seu leitores e tudo mais. Sites que analisavam o que era fake ou verdade, mito ou exagero, se era misógino ou não, etc... porém, não encontrei ninguém, mas ninguém mesmo comentando isso: "A ONU pacificou o Haiti matando pessoas sem distinção, atirando primeiro e perguntando depois"... ... .... Segundo Bolsonaro, foi essa a iniciativa (solução) de restaurar a ordem no Haiti.... cara, por que só eu fiquei assustado com isso? Se o que ele disse for mesmo verdade, o que eu tenho grande convicção que tenha sido, pois seu vice foi um dos generais que liderou as tropas da ONU representada pelo Brasil e ninguém ousou contradizer o fato, se a solução de manter a ordem e a paz no Haiti tomada pela ONU, p-e-l-a O-N-U, foi essa.... .... Por que diabos, todo mundo acha isso normal, por que ninguém fala sobre isso? Será porque eram haitianos? Será porque era a todo poderosa e correta ONU? Ou será porque as pessoas só se importam consigo mesmas? Será que os grandes meios de comunicação não podem questionar os meios da ONU? Será que eles não sabem qual a importância e influência dessa organização (ONU) para o mundo? Será que isso não importa e eu sou alienado mesmo? Qual a diferença do método de ação da ONU com a dos fascistas, hitleristas, terroristas, bandidista, autoritarista, xiitas e os mais variados ista's da vida?  .... .... ....

Uma das coisas que eu mais gostaria que explicar para as pessoas, para que elas entendessem de coração, de espirito, pode ser resumido na frase abaixo. Leia a frase com atenção e reflita sobre ela espiritualmente, quem sabe as brumas que cercam nossa visão não possam ser dispersas por um instante, e o que está em oculto comece a ser revelado.


Resumo Financeiro


Bom, mesmo estando de férias eu não tive ânimo de colocar todas as planilhas financeiras em dia e nem de ficar antenado nas oscilações mensais da minha carteira, do quanto ela subiu este ano, ou se caiu. Pelo menos consegui atualizar os valores e postar na data correta. =D

No mês de Agosto eu fiz os seguintes aportes:
  • R$ 1.404,78 no Fundo Imobiliário TRXL11;
  • R$    400,00 na criptomoeda ETH;
  • R$ 1.002,19 no Tesouro Direto IPCA+ 2024;

Segue abaixo o levantamento em porcentagem dos meus aportes:



Gostei de como ficou a disposição no gráfico, mesmo tendo aportado muito em criptomoedas (10%), mas isso se deve ao foto de ter começado a investir nesta classe apenas neste ano, eu não desejo ter mais de 2% de criptomoedas na minha carteira por enquanto. Espero que em breve eu possa para de aportar nessa classe de ativo, ou diminuir os aportes para o patamar da classe, apenas 1% ou 2%.


Ajustando a lente de contato aqui, vi que apareceu na minha conta da Exchange, dois depósitos de dois novos criptoativos: 100 RPM e 50 BBC. Creio eu que devem ter vindo por airdrops, agora só não sei foi aidrop da própria Exchange ou se foi do token BQX (ethos). De qualquer forma, eles valem menos que dinheiro, ou menos que $ 1. Nem vou contar isso!

A lupa financeira, também flagrou cerca de 50 novas ações da ITSA4. Acredito que deve ter tido alguma bonificação da Itaúsa (ITSA3), eles fazem uma putaria constante com isso, bonificam, desdobram, agrupam, fazem recompras. Toda hora inventam o que fazer com elas. Com certeza tem caroço nesse angu, pra que uma empresa vai desprender tanta energia nessas manobras, e fazem isso uma ou duas vezes por ano. Vou vender essas 50 novas ações e colocar em outra coisa.

Segue abaixo minha carteira e alocação, abraços e se cuidem.