10 de nov de 2017

Atualização Patrimonial Outubro 2017 - R$ 128.261,89

Vai ser uma atualização bastante "mixuruca".

Eu estou completamente perdido nos meus afazeres pessoais e sem motivo algum aparente, eu criei algumas obrigações pessoais para com outras pessoas (namorada) e com pessoas dos jogos eletrônicos (dota e The Witcher III) que vem roubando meu tempo de descanso de forma doentia. Até meu sono está sendo sacrificado.

Preciso rever estes contratos sociais e organizar de forma melhor meu tempo.

 É incrível como me vício rapidamente em algumas atividades de lazer e jogos.

Bom, vou postar só os números para ver se ainda dá prazo de entrar pro ranking do mestre dos centavos.


Ações

FIIs

Neobux e Forex! Estes valores vão cair para mais da metade =(

Tesouro Direto
Carteira Geral

www.arquivos-virtuais.blogspot.com

6 de out de 2017

Novo Projeto - Viver de Trade

Salve, salve pessoal

Segue o link do meu mais novo projeto, se alguém quiser acompanhar:


Viver de Trade



Resolvi manter o projeto em outro blog pois assim acho que vai aumentar minha disciplina. Quem sabe no futuro, se tudo der certo eu não o transfira para cá, ou o contrário. 

abraços

5 de out de 2017

Atualização Patrimonial Setembro 2017 - R$ 127.884,29

Fonte:

Bom moçada, mais um mês de 2017 passou de maneira ultra rápida. É impressionante como os dias, meses e anos passam cada vez mais rápidos.

Não estou num bom dia hoje, mas estou com tempo livre no trabalho, então tenho que aproveitar este tempo para fazer minha atualização mensal. Acordei hoje com muita dor no corpo, dor no fundo dos olhos, nos joelhos e com um fadiga fora do usual. Se amanhã eu acordar do mesmo jeito, e com uma leve febre, estarei com suspeita de Dengue!

Acredito que nós brasileiros já perdemos a guerra contra esse mosquito. Recentemente fui convidado/escalado para fazer parte de uma reunião da zoonose aqui da minha cidade, para tratar justamente desse "mosquitinho". É incrível a capacidade de adaptação, evolução e reprodução que este ser possuí. Ele é capaz de se reproduzir nos mais diversos ambientes, como esgoto, bueiro, sinaleiros urbanos, placas urbanas e até mesmo nas vasilhas de água de cães e gatos. Sua capacidade de criar resistência aos defensivos (Venenos) tem se mostrado absurdamente rápida e eficiente.

Bom no fim, só espero que meus genes betas sejam capazes de segurar essa Dengue, se for mesmo isso, e não deixar evoluir para um quadro mais grave onde possa ceifar minha vida.

Vamos logo ao que interessa.

Resumo Financeiro


A princípio foi mais um mês fora de série em termos e valorização da carteira. Teve uma valorização de 3,30% chegando aos incríveis 9,9% neste ano, como o pessoal gosta de dizer por aí, 123% o CDI . Era para estar tudo as mil maravilhas, para eu dar saltitos no ar a todo momento. 

Porém eu tenho aquela asa de corvo sobre a cabeça, como diz o grande poeta Augusto dos Anjos.
  
"Asa de corvos carniceiros, asa 
De mau agouro que, nos doze meses, 
Cobre às vezes o espaço e cobre às vezes 
O telhado de nossa própria casa...

Perseguido por todos os reveses, 
É meu destino viver junto a essa asa, 
Como a cinza que vive junto à brasa, 
Como os Goncourts, como os irmãos siameses!..."

Aquela sombra ainda para sobre meus investimentos, mas precisamente sobre o Neobux. O site continua me dando prejuízos e não dá sinal de melhora, já é o terceiro mês consecutivo que isso acontece. Como vocês sabem, eu não tinha computado na ponta do lápis os outros meses, apenas feito uma estimativa, mas este mês eu tabelei tudo.



Como podem ver acima, este mês tive um prejuízo de $ 181,16 dólares ou R$ 567,03. Ainda vou pagar para ver mais alguns meses, já sei que não vou conseguir recuperar todo o dinheiro que investi no site. O que me alenta é que, até o momento, tudo indica que somando todos os proventos que ele me deu mais o que consigo resgatar, vou sair no lucro, mas já vislumbro risco deste cenário mudar e eu amargar prejuízo.

Outra coisa que tem me incomodado também, é a queda de proventos que venho tendo. Agora que não tenho mais aquele rendimento absurdo do Neobux, com cerca de R$ 600,00 por mês, fui olhar para os FIIs mais de perto, e notei que todos eles diminuíram os dividendos. Como o meu foco na vida é gerar renda e não aumento de capital, isso me deixou um pouco apreensivo também.

Segue abaixo o resumo geral de ativos e valorização da minha carteira atual.





Resumo Pessoal


A minha vida pessoal continua no mesmo marasmo de sempre, rotina: trabalho-casa, casa-trabalho. 

Minha saúde corporal continua péssima, sem atividades físicas e com sobrepeso. Pensei muito, mas muito mesmo em fazer acadêmia, em gastar R$ 150,00-R$180,00 por mês ou 0,5% - 0,8% de toda minha renda, para frequentar uma acadêmia, sofre chacotas do público maromba, das vadias que frequentam o lugar. 

Porém quando estava dispostos a me matricular, olha que estou postergando isso já há um ano quase, minha namorada bateu o pé e me encheu tanto a cabeça que acabei desistindo. Ele alegava que não tinha condições de me acompanhar, que eu não iria mais ver ela no meio da semana pois eu iria estar na acadêmia, que as garotas de programa que frequentam o lugar iriam fazer minha cabeça e bla, bla, bla. (sim ela estava certa quanto as GPs, fique sabendo posteriormente que tem, mas tem muita GP frequentando o recinto para agariar clientes)   

Então, mudei o foco para tentar modificar minha rotina, para que ela se torne mais dinâmica e saudável. Estou pensando em comprar uma bike para ir pro trabalho, já fui duas vezes para casa da minha namorada a pé. Ela mora uns 5-7 Km de distância de casa, cheguei todo suado e fedido, mas ela vai ter de aguentar, ou pelo menos pagar a energia e água do banho que tomo ao chegar na casa dela. No fim, sei que isso não vai me ajudar muito a ter uma vida saudável, mas já é um passo contra o sedentarismo nível hard que venho tendo.

Este mês terminei de ler dois livros:

1 - A bola de neve, que é uma bibliografia sobre Warren Buffet. Livro extenso, com cerca de  958 páginas. Para mim que sempre queria saber mais sobre esta pessoa, foi bom ler o livro. Aprendi muito sobre os mitos e verdades que ronda esta pessoa. Uma coisa eu descobri, bilionário comprando ação e fazendo BH você não fica no máximo consegue uma vida boa. 

2 - Axiomas de Zurique - Livro bem pequeno e sucinto, cerca de 65 páginas. A leitura dele é bem cansativa para falar a verdade, mas muitos tratam como um livro de cabeceira, então tive de ler. Realmente, é muito interessante as orientações que ele passa, para se tornar um especulador. 

Meus planos para tentar obter outra fonte de renda continuam fracassando, porém já começo a vislumbrar um luz no fim do túnel, vamos ver se consigo obter outra fonte de renda. Calculo que seja possível eu começar a ganhar uns R$50,00 a R$ 80,00 reais por mês. Ta bom sei que é um valor ridículo, mas é tudo que consigo.


Então foi isso, até mais e vamos que vamos.


www.arquivos-virtuais.blogspot.com 









8 de set de 2017

Atualização Patrimonial Agosto 2017 - R$ 122.021,48

Fonte
Boa Sexta-Feira moçada.

Mais um mês de 2017 passou e como de praxe é hora de abrir o site da corretora e ver o que aconteceu com meu rico dinheirinho.

Em termos financeiros, este não foi um bom mês para mim, estou correndo de perder uma boa grana, acho que uns 10.000 reais no Neobux.

Eu também estava correndo atrás de outro projeto financeiro, para criar outro canal de renda para mim, mas até o momento foi só frustração. O resultado gerado foi só perca de tempo, muito tempo, perca de dinheiro, não muito ainda. Mas pretendo ainda tentar levar esse projeto para frente, conheço pessoas que fazem o que estou tentando fazer e ganham muito bem executando este trabalho, porque eu não consigo? Me dá uma raiva ter um intelecto inferior as outras pessoas,  tem um colega meu que começou a estudar e a executar este tipo de trabalho e em menos de três meses já consegue ganhar uns 2-5k livres por mês e eu nada.

Resumo Financeiro

Resultado consolidado da carteira
Olhando assim a primeira vista, parece que eu tive um super mês, tive um aumento de 2,60% de aumento patrimonial só em Agosto, Tendo um acumulado de 6,48% no ano. Pelo meu histórico, este é um resultado monstruoso, o que faz minha carteira bater o histórico máximo de rendimento nesses dois anos e meio que faço o acompanhamento de perto, chegando  15,39% de rentabilidade histórica.

Das 4 classes de ativos que tenho, três tiveram rendimentos muito bons, sendo:
  • Carteira de ações: 7,24%
  • Carteira de FII: 3,4%
  • Tesouro Direto: 0,71%
  • Internet (Neobux): -0,75%
Até agora tudo bem, pois uma queda de -0,75% não é grande coisa. Concordo plenamente, o problema é o que há por trás de tudo isso.

O Neobux era até o mês passado, uma grande fonte de renda para mim, me gerava uma renda abusadamente alta, me gerava um DY de 2,0-2,5% por mês, ou seja, cerca de R$ 600,00 reais.  Representava hoje, um terço de todo meu aporte que fazia em ações, FIIs e Tesouro Direto. Mas parece que o fosso secou. Já é o segundo mês, que em vez dele gerar uma renda positiva ele me gera uma renda negativa. Não acompanhei de perto o quanto negativo foi, vou acompanhar de perto este mês, mas estimo que foi um prejuízo de cerca de R$ 600,00 nestes dois últimos meses. 

Tudo começou no início de Julho, quando o Paypal retirou sua parceria com Neobux. De lá para cá, muitos usuários deixaram o site e os retornos ficaram mais baixo para quem só visualizava anúncios, como eu, o que tem feito minha conta se tornar insustentável no site, já que eu tenho uma despesa fixa para mantar minha conta do jeito que ela está agora. O site mudou muito também neste último ano, ele ainda é lucrativo, mas agora depende muito mais de você do que do seu dinheiro investido lá. Tem muita gente lá, que não investiu um centavo do bolso e que ganha R$ 400,00/500,00 fácil no mês. Porém isso exige um trabalho de umas duas a três horas por dia no site e saber ler um pouco de inglês. Como eu não sei nem conjugar o verbo to be, para mim ficou muito difícil usar os novos recursos que o site proporciona. A única coisa que eu fazia, era alugar referidos e visualizar 10 anúncios de 30 segundos cada.

Agora eu não sei se pago para ver, se o site se recupera e volta ao que era antes, aguardando um seis meses e correndo risco de perder muita grana, ou se começo o processo de fechar minha conta, onde no atual momento consigo reaver cerca de uns 12 mil dos 24 mil que tenho lá. Como o site até hoje, me gerou uma renda de 20 mil, que eu já saquei e aportei, eu ainda vou estar no lucro.

Não sei o que fazer ainda, vou acompanhar este mês de perto, ver se há alguma melhora nos meus resultados ou não. Até o momento, a única coisa que sei, é que a partir deste mês, minha renda irá cair cerca de R$ 600,00 por mês, o que irá afetar minha qualidade de vida e meus aportes mensais.


O que estou devendo:

 

A fim de aumentar minha disciplina, como investidor e aprimoramento. Vou elencar alguns tópicos que acho relevante para meu crescimento como pessoa e investidor. Deixando eles como promessas para mim mesmo, que devo fazê-los.
São os temas escolhidos no momento:
  • 60 horas na prisão. Como é estar preso neste ambiente;
  • Análise da minhas ações em carteira;
  • Análise dos meus FIIs em carteira;
  • Atualização da página Carteira;


www.arquivos-virtuais.blogspot.com
 






25 de ago de 2017

WEB 2.0 e seu potencial para a educação


7º Encontro:


TEMA: OFICINA PARA ELABORAÇÃO DE MÍDIAS INTERATIVAS
Encontro realizado dia 24/06/2017

Encontro realizado no laboratório de informática da Pedagogia no campus xxxxx da xxxx e ministrado pelas docentes: Fernanda xxxxxxxxx e Keitiuce xxxxxxxxxxxxxx, teve como base o texto:

“WEB 2.0 e seu potencial para a educação”





http://3.bp.blogspot.com/-sr32vOk3GSk/UeVxCOY_T1I/AAAAAAAAAHw/MILHmGgDvfc/s1600/web.jpg


O início da aula se deu com lâminas de power point, tecendo comentários sobre o texto.

O termo Web 2.0 foi cunhado em 2003 pela O’Reilly Media e deu origem, a partir de 2004. O termo representa um marco na modernização e utilização da rede pelos usuários e empresas.

Nos primórdios da Internet, procurava-se explorar, tanto técnica como financeiramente, todas as oportunidades oferecidas pela rede mundial. Com sua natural maturidade, a Internet avançou de modelos técnicos e econômicos fracassados para uma web de valor mais significativo para o usuário.

A evolução foi tão grande, aproveitando recursos tecnológicos atualmente disponíveis, que permitiu a criação de aplicativos extremamente parecidos com aqueles que rodam em nossos computadores pessoais, sem a necessidade de nenhuma instalação adicional. Ou seja, a web 2.0 está próxima de ser um verdadeiro Sistema Operacional.

Portanto, essa nova Internet reflete uma mudança significativa dos hábitos dos usuários, a ponto de vários especialistas considerarem a Web 2.0 uma revolução. No entanto, para outros a Web 2.0 não deixa de ser uma mera evolução, pelo fato de não mudar estruturalmente a rede mundial, mas apenas interagir vários recursos e ferramentas já existentes na web, agregando valor para o internauta padrão de uma forma bastante inteligente.

Esses recursos permitem, por exemplo, que qualquer usuário trabalhe com o mesmo material, e com vários usuários simultaneamente, em qualquer lugar do mundo. Ou seja, o browser fica sendo a nova plataforma de trabalho dos usuários em dia com a tecnologia. Em qualquer lugar do mundo, sem carregar pen drives, CDs ou mesmo DVDs, pode-se acessar os arquivos pessoais tendo simplesmente um ponto de acesso à Internet.

Outro elemento que viabilizou a Web 2.0 foi a banda larga, com suas conexões cada vez mais rápidas. Já estão disponíveis vários e diversos serviços, ou aplicativos, gratuitamente na Internet (editores de textos, planilhas de cálculos, apresentações, editores de fotos, etc), desenvolvidas com tecnologias de programação cada vez mais potentes, como AJAX, que possibilitam ao usuário navegar na Internet como se fosse o seu aplicativo preferido no desktop, sem o incômodo do refresh de tela.

Para Clay Shirky, estudiosos dos efeitos sociais e econômicos dessas novas tecnologias, antes da internet as diferenças na comunicação entre comunidade e audiência eram fundamentalmente determinada pela mídia - telefones funcionavam bem para conversas um-para-um, mas não funcionavam para atingir rapidamente um grande número de pessoas, enquanto a TV possuía o conjunto de características inversas. A internet pôs fim a essa divisão, oferecendo um veículo único que podia ser utilizado tanto para falar com comunidades quanto com audiências. Ou seja, do modelo um-para-um, pulamos para um-para-muitos, e atualmente estamos vivenciando o muitos-para-muitos, todos podendo interagir com todos.

No início, a informática tinha elementos fundamentais como o hardware e o software. Com a criação da Web 2.0 temos um novo conceito, a webware, definida pela própia Wikipédia como a segunda geração de serviços e aplicativos da Internet, que permite maior interação com o usuário e semelhança com aplicações desktop, para atender de forma mais abrangente o peopleware (usuários que utilizam diretamente ou indiretamente a computação) através da Inteligência Coletiva.

“Usos Pedagógicos da Web 2.0”

As tecnologias da web estão redesenhando a educação, criando novas e interessantes oportunidades de ensino e aprendizagem, mais personalizadas, sociais e flexíveis, apesar de muitas delas não terem sido produzidas especificamente para o e-learning.

Pode se dizer que o e-learning, que utiliza de ambientes virtuais de aprendizagem, está mais centrado nas necessidades da instituição do ue do aprendiz individual. Já o que se pode batizar de e-learning 2.0 utiliza-se intensamente das novas tecnologias da web. Temos a Web 2.0, portanto um nicho promissor para a EaD. E já é possível inclusive falar em EaD 3.0

EaD 1.0
EaD 2.0
EaD 3.0
Comunicação Unilateral
Interação
Ambientes Virtuais (SL)
Fordismo
Internet (NTIC)
Sloodle
Correio
Web 2.0
Neofrodismo
Televisão
LMS (Moodle)
Tecnopedagogia
Rádio
Pós-fordismo
Web 3.0

A Web 2.0 pode ser definida em função da comunicação em duas direções, colaboração e ler/escrever, e a EaD é um lugar ideal para utilizar essas tecnologias. Nesse sentido, na Web 2.0, o usuário/estudante não é mais pensando apenas como recipiente passivo, mas simultaneamente como produtor e desenvolvedor de conteúdo. Para a EaD, isso significou que o aluno passa também a ser, além de leitor, autor e produtor de material didático, e inclusive editor e colaborador, para uma audiência que ultrapassa os limites da sala de aula, ou mesmo do ambiente de aprendizagem.

Os novos tempos nos mostram que existem muitas oportunidades para mudanças no processo pedagógico, no entanto a academia tem sido conservadora e lenta para se adaptar a essas ferramentas e tecnologias. Não há mais necessidade sala de aulas quadradas, com carteiras quadradas e quadro-negro quadrado, apesar de muitos ambientes de aprendizagem virtual tentarem copiar o modelo da sala de aula.

Os alunos hoje têm um conjunto de aplicativos web em suas mãos que podem verdadeiramente facilitar e revolucionar seu aprendizado. Como educadores, entretanto, temos a função de assumir a responsabilidade de explorar a área tecnopedagógica para construir o material para os alunos, e não simplesmente lançá-lo e deixar que se percam numa confusão de dados, ferramentas e tecnologias.

O desenvolvimento da Web 2.0 aponta, como vimos para a migração dos softwares dos PCs para a web, e nesse sentido o professor e o aluno precisam também tornar-se proficientes no uso desses recursos disponíveis on-line. Ou seja, nossos computadores estão migrando para a web, e os professores, alunos e instituições precisam entrar nesse novo mundo.

Abaixo estão listados algumas ferramentas gratuitas disponibilizadas na internet, com elas você será capaz de montar sua própria caixa de ferramentas de forma tanto renovadora quanto inovadora. Mas ela precisa ser reorganizada periodicamente, em função das novidades que surgem a todo momento.

  • LMS 2.0;
    • Ferramentas de ambientes de aprendizagem, como: Digication, Nuvvo, Haik, Moodle, Blackboard, etc.
  • E-mails;
    • Forma de comunicação essencial em qualquer curso EaD ou presencial.
  • Mensagem instantânea e VoIP;
    • Aplicativos que permitem troca instantânea de mensagens, comunicação telefônica e audioconferência, como o Skype;
  • Buscadores e pesquisa (Google, Bing, etc);
    • São os oráculos dos tempos modernos, o problema aqui é aprender a filtrar as informações.
    • Para informações acadêmicas temos o Scielo, o banco de Teses USP, o Portal Brasileiro da Informação Científica com o banco de teses CAPES e sites de bibliotecas, como o Deadalus/USP. No site da Biblioteca Nacional, embora desatualizado, você pode encontrar tudo que foi publicado no Brasil, e não apenas livros;
    • Informações acadêmicas em inglês: California Digital Library, Internet Movie Database, Library Spot, Literature Collections, OCLC, Stanford Encyclopedia of Philosophy, Science Direct e Web of Science.
  • On-line office (Google Docs, Office on-line, Zoho, Think Free, etc);
    • Suítes de escritório que funciona inteiramente no navegador
  • Corretores, dicionários e tradutores;
    • A disponibilidade dessas ferramentas on-line e de graça é também uma das grandes contribuições da web para a educação. (Google Translate, Ajax Trans, Wikipédia, BabelFish).
  • Blogs;
    • A origem da palavra blog vem da expressão “web log”, ou seja, literalmente, diário de bordo na rede. As pessoas começaram, então, a escrever a expressão de forma especia, “we blog”, no sentido de “nós blogamos”, e no final o “we” morreu.
    • Um blog pode ser pessoal, propondo questões, publicando trabalhos em produção, e registrando links e comentários para outra fontes da eb. Mas um blog não precisa ser apenas individual - ele pode misturar diferentes vozes, incluindo colegas, professores ou especialistas.
    • O blog tem se transformado em alto tão profissional e popular que já existe a profissão blogueiro. Alguns serviços que possibilitam a produção de um blog são: Wordpress, Blogger, Bloglines, Tumblr, etc.
  • Wikis;
    • O wiki é um software colaborativo que permite a edição coletiva dos documentos de uma maneira simples. Em geral, não é necessário registro, e todos os usuários podem incluir, alterar ou até mesmo excluir textos, sem que haja revisão antes de as modificações serem aceitas.
  • Compartilhamento de arquivos;
    • Muitas plataformas, também gratuitas, como Megaupload, Dropbox, One Drive, Google Drive, 4shared, etc, permitem hoje que seja feito rápida e facilmente upload e armazenamento de arquivos na Net, dos quais o próprio usuário, ou outros, podem posteriormente fazer download.
  • Redes Sociais e colaboração;
    • O potencial pedagógico das redes de relacionamento, uma das marcas da Web 2.0, é imenso. Elas possibilitam o estudo em grupo, oferecendo mecanismos para comunicação com outros usuários, tais como fóruns, chats, e-mail, recados ou mensagens instantâneas. Possibilitam também identificar pessoas que possuem interesses similares aos nossos e, assim, criar uma rede de aprendizado;
    • O Elgg é também voltado para a educação, oferecendo a cada alunos seu próprio blog, seu repositório de arquivos, um profile on-line e um leitor de RSS.
  • RSS e leitores feeds;
    • Leitores de RSS permitem que o aluno ou professor selecionem as fontes de notícias e informações que desejam ler, e passem então a recebê-las automaticamente. Pode-se, por exemplo, selecionar uma variedade de fontes para uma disciplina, que possam reproduzir automaticamente, e então podem ser lidas e comentadas dinamicamente pelos alunos durante o semestre.
    • Google Reader, MyYahoo, Bloglines, FeedReader, Newshutch, etc.
  • Mashups;
    • Alguns softwares, como o iGoogle, o Netvibes e o Pageflakes,congregam muitos dos recursos das ferramentas já comentadas, por isso foram chamadas de mashups. Mash, em inglês, significa misturar.
  • Notícias;
    • Vários aplicativos disponíveis na Web 2.0 permitem que o professor e os alunos se transformem em jornalistas, criando jornais, brochuras, etc. Podem ser citados o Digg, o Reddit e o ReadWrite Think Printing Press.
  • Imagens criação e edição (Flickr, Fauxto, Snipshot);
    • Oferece recursos valiosos para alunos e professores que procuram imagens para usar em apresentações, materiais de estudo e atividades.
  • Áudio e podcasting (AOL Music, eMusic, iJiggs, Pandora, Zune, Last.fm etc);
    • A web é multimídia e o som é assim, naturalmente, um de seus elementos essenciais. E o som desempenha, também, um papel primordial em educação.
  • Vídeos e televisão (YouTube):
    • Banco de dados de diversas aulas e possibilidade dos alunos mostrarem seus trabalhos para um público externo.
  • Videoconferências (FlashMetting, KMi, Skype):
    • É importante ainda lembrar que áudio e videoconferências, que teriam se tornado obsoletos em EaD com o surgimento da Internet, podem agora ser recuperados, por todas essas facilidades que a Web 2.0 nos oferece.
  • Social bookmarking (del.icio, Furl, Ma.gnolia, Blinklist, Clipmarks, Web-Chops, i-Lighere, Wizlite, etc):
    • Ferramentas de controle social de favoritos.
  • Widgets (Google Gadgets, Widgetbox, Clearspring, etc);
    • No início, os widgets serviam simplesmente para oferecer uma versão em miniatura de determinado conteúdo, fora de um site principal. Hoje, eles se tornaram uma poderosa ferramenta social e de marketing para as empresas, servindo de chamariz para acesso a mais páginas.
  • Mapas mentais:
    • Maneira de organizar as suas notas e colocar o seu pensamento em ordem.



www.arquivos-virtuais.blogspot.com

9 de ago de 2017

Atualização Patrimonial Julho 2017 - R$ 116.990,05

A atualização deste mês vai ser bem sem vergonha (e as outras não eram?)

Como todos sabem, sempre faço as postagens no blog no meu trabalho, pois meu tempo "livre" é bem apertado e o utilizo para o lazer.

Porém neste início de mês, chegou tanto trabalho que até parece que voltei a trabalhar na iniciativa privada. Estou chegando em casa um caco, com dores nas pernas e nas costas de tanto carregar caixas e analisar papéis.

Como só tem eu de homem na meu setor, sobrou o serviço pesado todo para mim e ainda por cima, tenho que analisar e organizar toda papelada referente as minhas obrigações. É nessa hora que eu queria ser mulher ou drag queen, já estou bem velho para serviço pesado.

Vou colocar apenas a tabela geral da carteira, para não tomar advertência do Mestre dos Centavos.


www.arquivos-virtuais.blogspot.com

7 de jul de 2017

Atualização Patrimonial Junho de 2017 - R$ 113.797,37

Salve, salve galera!

Fim de mês, fim de semestre e meio do ano. Hora de mais uma postagem de fechamento e reflexão mensal, da carteira de ativos e de minha vida pessoal.

Como é o fim do 1º semestre de 2017, eu pensei muito em seguir a tendência e fazer uma postagem mais elaborada sobre o fechamento financeiro, como mais detalhes e explanação da carteira, fazendo um resumo para mim, se estou mesmo firme no caminho rumo a Independência Financeira.

Entretanto, quando estava pensando em fazer exatamente isso, me veio uma idéia contrária, de fazer o mesmo, mas sobre minha vida pessoal, pois ultimamente venho sofrendo de muita, mas muita baixa estima e aparentemente, eu para eu estar me sentindo muito bem.


Resumo da vida pessoal


Neste mês, faz 1 ano e dois meses que virei funcionário público. Muita água rolou nesse tempo e olhando para trás, vejo o quanto foi bom para mim essa mudança. Como é difícil mensurar mudanças sociais, vou medir as mudanças financeiras que essa nova fase me trouxe.

Hoje tenho um salário bruto de R$ 3.100,00 e líquido de R$ 2.800,00, um aumento de 100% do meu antigo salário, quando era funcionário de uma empresa de agronegócio. Juntando minha renda passiva dos FIIs, Neobux e Ações chego tranquilamente  nas casa dos R$ 3.500,00 por mês. Com este valor posso dizer que, na parte financeira, saí da pobreza extrema e entrei para a classe D, de acordo com o próprio IBGE, segundo esta fonte aqui escrita em 2016.

Há duas formas de se  medir sua classe social no Brasil, uma criada pela Associação Brasileira de Empresas e Pesquisa (ABEP) e outra mensurada pelo IBGE. A do IBGE é mais simples e compara apenas a renda por salário mínimo de cada família, já a da ABEP se preocupa em medir a qualidade de vida das pessoas.

Classe Social pelo Novo Critério Brasil (ABEP)

É o critério mais utilizado pelos institutos de pesquisa de mercado e opinião e ganhou uma nova versão em 2015. Segundo a ABEP, o Critério de Classificação Econômica Brasil (CCEB) é um instrumento de segmentação econômica que utiliza o levantamento de características domiciliares (presença e quantidade de alguns itens domiciliares de conforto e grau escolaridade do chefe de família) para diferenciar a população. O critério atribui pontos em função de cada característica domiciliar e realiza a soma destes pontos. É feita então uma correspondência entre faixas de pontuação do critério e estratos de classificação econômica definidos por A1, A2, B1, B2, C1, C2, D, E.
Pela metodologia da ABEP, que se divide em 6 classes sociais sendo elas: A, B1, B2, C1, C2 D/E. Eu consegui 28 pontos, pertencendo então a classe C1. Tendo uma qualidade de vida abaixo da classe média, mas não mais na pobreza extrema. Realmente, é exatamente assim que me sinto, no meu dia a dia, quando faço a comparação minha com as demais pessoa que eu conheço. Elas esquecem ou não sabem como é morar em um república com cinco pessoas que não fazem parte da sua família, do que como é ruim chegar em casa e não poder deitar em um sofá e assistir TV ou ver filme em seu DVD. Essas coisas simples do dia-a-dia, mas que quando nós não há temos sentimos muita falta

Já pela metodologia do IBGE, que se divide em classe A, B, C, D e E, eu estou na classe D, acima da pobreza extrema mas abaixo da classe média, na faixa entre R$ 1.874,01 até R$ 3.748,00. E sem contar a correção desses valores para o aumento do salário mínimo de 2017. Devo dizer que isso foi uma grande surpresa, mas muito grande para mim, pois tinha plena convicção e certeza, que ganhando 3k por mês, eu já pertencia, no campo financeiro, a classe média. Lego engano meu e da realidade a minha volta.


Pela metodologia do IBGE, vemos a discrepância salarial entre os cidadões do interior com os cidadões que vivem nos grandes centros. O quanto ser um caipira é duro, em termos econômicos e qualidade de vida. Conheço pouquíssimas pessoas que ganham mais de R$ 3.500,00 por mês, aqui no interior é raro encontrar (pelo menos a minha volta, no meu mundinho patético). Olhando pela  minha ótica e pelo meu achismo, acredito que é bem normal e comum encontrar salários acima disso nas capitais e cidades do litoral brasileiro.

E eu aqui, pensando que ganhando R$ 3.500,00 reais por mês, poderia me considerar, pelo menos na parte financeira, pertencente a classe média.
Caraca, como sou inocente, ou como minha mãe fala um "jacu"

Mas mesmo assim, mesmo tirando o véu da inocência financeira dos meus olhos, é notável como minha vida tem mudado neste último ano. Lembro-me de quando eu me mudei para a cidade que estou, de quando dormia no chão sem cama só com um colchonete jogado em um canto e um amontoado de roupas dobradas sobre um lençol no outro cano do quarto da república, hoje já tenho um mesa, cadeira, hacker, TV, computador e cama de casal no quarto, ainda falta o guarda roupa, mas não o comprei por não achar ser necessário no momento. O carro ainda uso o da minha mãe, que trouxe comigo, um banheira modelo 91 ambulante.

Hoje não preciso mais recusar educadamente convites de colegas de trabalho e da república para sair no sábado a noite para beber uma gelada. Posso sair e pedir outra cerveja que não seja Cristal, não preciso mais cronometrar no relógio o tempo que tenho de gastar para beber uma cerveja com o tempo e dinheiro que tenho no bolso. 

Antes, depois de algumas chacotas na minha cara e algumas humilhações sobre minha pessoa, eu aceitava obrigatoriamente um convite para sair com os colegas, de trabalho ou moradia. Porém sendo um cara bobo e arredio, eu me recusava a serrotar (comer e beber sem pagar). Contava quantas latinhas de cervejas cristais (ou outra mais barata) ou podia comprar, quanto tempo íamos ficar no evento/festa/boate e assim calcular em quanto tempo eu iria beber toda a cerveja, para não ficar com as mãos sem nada e passando vergonha quando o dinheiro acabasse. É melhor ouvir coisas do tipo: "vai dar dengue na sua cerveja.... ou ... você gosta de cerveja quente!" do que ficar sem nada nas mãos, perto de mulheres.

São coisas simples porém meus olhos se encheram d'água quando escrevi o paragrafo acima, é muito ruim você sair para um noitada, sabendo que vai poder comprar apenas três ou quatro cerveja durante umas 3 ou 5 horas em que vai estar nesse ambiente social.  

Hoje já não é mais assim, posso sair e comprar uma Skol, Bavaria de igual para igual com meus colegas nas noites de sábados ou festas que vamos juntos. Almoço um bom prato feito perto do trabalho quase sempre compro uma jantinha a noite, porém em termos de comida a empresa privada de agronegócio também fornecia comida de boa qualidade em seus refeitórios, até melhor do que as compro nos restaurantes de esquina que frequento. 

Essa vida de ficar o dia todo sentado em frente ao computador também me trouxe certos efeitos colaterais. Neste mês, rompi a barreira dos 85 Kg, em um ano eu saí de 76 e fui para 86 Kg, é bem nítida a mudança em meu corpo, a barriga já é bem saliente, meus braços já começam a ficar flácidos. A rotina de ficar o dia todo parado no mesmo local, meio que te contagia e você quer sempre ficar parado, neste mês não fui caminhar nenhuma vez, não tenho ânimo de voltar a frequentar uma academia. Até mesmo nos ônibus, hoje eu procuro poltronas vagas para sentar, antes mesmo fazendo serviço braçal o dia todo, sempre que entrava no ônibus preferia ir em pé, mesmo se tivesse cadeira vaga, o tempo de ir para casa em pé sacolejando dentro do ônibus não me cansava em nada, hoje já me incomoda horrores.

Em termos de namorada, a que estou hoje é mais nova do que a anterior uma diferença de quase 10 anos. Em condições financeiras a anterior tinha uma situação bem melhor do que a atual, ela era uma analista financeira de agronegócio e a atual uma operadora de caixa de bar. Em termos de aparência, é difícil decidir. A anterior mesmo sendo 10 anos mais velha, compete de igual pra igual com a minha atual. É incrível como dinheiro e cuidados preservam a pele, a analista financeira direto realizava tratamentos em clínicas especializadas, tratamento com ácidos e tal, para não ter rugas, aliada a sua genética oriental, ela mesmo tendo 35 anos, compete de igual para igual com uma de 25 anos. Ouso dizer que sua pele é até mais bonita e menos marcada. Porém, não há como escapar do peso da idade, e já em outras regiões do corpo, é possível notar as diferenças. 

Uma é descendente japonesa e a outra é negra. As duas estão em formas, magrinhas e se cuidam bem, com méritos para a japonesa aqui, que se cuida melhor, mas reconheço que atual faz tudo que está ao seu alcance para se cuidar, infelizmente há limitações financeiras envolvidas. Analisando este fato, me faz ver que eu também tenho de tomar cuidado, pois já no espelho além da barriga saliente e os braços flácidos, marcas de expressões já são visíveis em meu rosto. Antes, pela influência da japonesa, eu me preocupava mais com isso, cheguei até usar cremes para diminuir as linhas de expressões, vitaminas e ômega 3, mas hoje nem me incomodo em combater as marcas da idade, até os cabelos brancos começam a despontar de longe nas laterais da minha cabeça.

Comparando a relação social das duas, a atual me trata bem melhor que anterior, algo que nunca tinha experimentado antes. Me liga toda hora, quer que eu vá dormir em sua casa todos os dias, faz tudo o que peço entre quatro paredes e tem uma boa performance sexual, é muito mais caseira, saímos bem menos o que me faz economizar muito, sempre divide a conta quando saímos juntos, algumas vezes me leva café na cama, lava as roupas que deixo na casa dela. Já há anterior era bem diferente, a vida social era muito mais badalada, todo fim de semana tínhamos que pelo menos comer fora, ficar sábado a noite em casa era um crime, onde ela jogava na minha cara que eu era um cara "paradão (na verdade, não tinha um puto no bolso)" era bem mais desligada de mim, mas sempre estávamos juntos nos fins de semanas ou quando pegávamos o ônibus para ir trabalhar, também tinha boa performance sexual, viajava para algum lugar do Brasil uma vez a cada três meses e eu não tinha grana para acompanhar ela nas viagens, o que gerava certo atrito, não dividia a conta e me enchia o saco quando deixava ou esquecia alguma camisa na sua casa.

Em termos de horas perdidas do dia, hoje perco bem menos. Trabalho 40 horas semanais, e calculo por alto um gasto de 7:30 horas perdidas em trânsito para ir pro trabalho, arredondando para 48 horas semanais desperdiçadas. Antes eu trabalhava no mínimo 50 horas semanais, e no período de safra a gente pode colocar 60-65 horas tranquilamente, porém gastava menos tempo para ir ao trabalho, pois ia no ônibus da empresa, que é mais rápido, gastava em torno de umas 5 horas semanais na viagem, dando um total de 55 horas nos meses normais e 65 horas na época de safra e plantio. Essas 10 horas por semana há mais que eu ganhei, eu gasto elas com jogos e com minha namorada, apenas para o lazer.

Então, ao analisar minha vida, é nítido que tive alguma melhora. Tenho mais dinheiro, trabalho menos, tenho mais horas disponíveis para o lazer, porém me sinto triste. Talvez seja o hábito de ficar me comparando com as outras pessoas, como que vejo na TV e no Facebook e ao olhar os dados de 2016 do IBGE, descobri que eu ainda não pertenço a classe média, apesar de viver no meio dela.

Olhando por essa ótica, preciso adquirir hábitos mais saudáveis, me cuidar um pouco mais e arrumar uma forma de ganhar mais dinheiro, aumento de salário não há como conseguir, preciso encontrar outra fonte que jorre alguns trocados todos os meses, estou pensando em me arriscar em algo novo, pois a renda passiva da renda variável não se desenvolve, é muito custoso ela aumentar.

Será que consigo traçar um plano para aumentar minha renda e ainda por cima cuidar melhor da minha saúde? Aceito sugestões, se possíveis que não envolvam gastos de dinheiros, pois isso vai ir contra a primeira parte do plano

Resumo financeiro

Ações

FIIs!


Neobux e Forex

Tesouro Direto
Rendimento Geral da carteira

www.arquivos-virtuais.blogspot.com