8 de fev de 2017

60 horas em uma penitenciária! Parte 1.

Fonte: http://mestredoscentavos.blogspot.com.br/2016/09/atualizacao-patrimonio-financeiro.html
Olá meus queridos!

Postergai bastante para fazer este post, pois era algo que eu queria muito contar como foi a experiência de adentrar os muros deste local. Porém, demorei demais para escrever sobre o assunto, e a memória e os sentimentos já não estão mais tão frescos assim

Antes de mais nada, gostaria de salientar que:

As opiniões expressas nesta postagem são opiniões de alguém que não tem gabarito para falar sobre este assunto, visto que apenas 60 horas em uma única penitenciária brasileira, não dá embasamento nem bagagem suficiente para criticar e avaliar o sistema penitenciário de MG.

Aqui será relatado a visão de um cidadão, que nunca, mas nunca sequer pensou em pisar nesse ambiente, nunca havia passado nem perto de alguma estrutura dessas (penitenciárias e presídios). Um cidadão que veio e viveu uma vida inteira na roça, interiorzão do triângulo mineiro. Tão bobo que nem em uma cadeia havia ido em sua vida.

Já deu para notar que eu era um tremendo barriga verde na área de segurança, não servi o exército, não fiz tiro de guerra, não tenho conhecidos policiais, e na infância fui doutrinado pelo maxianismo e socialismo da vida, ou seja, era um esquerdista com ideias "moderninhas e sofisticadas" entre elas, a "bandeira" dos direitos humanos para os manos.

Como todos sabem, devido ao alto salário da área de segurança pública, fui instruído e seduzido a entrar nesse ramo, por ter digamos portas "fáceis" de serem adentradas via concurso público, que não é muito concorrido em vista das outras áreas, como judiciário e áreas civis públicas. 

E definitivamente, é muito, mas muito melhor ser agente penitenciário do que trabalhar na linha de produção de indústrias agrícolas. Gostaria eu de ter conhecido essa área ainda jovem e seguido carreira militar. Recomendo para qualquer um que ainda é jovem o bastante para seguir carreira, não como Agente Penitenciário e sim como polícia (em cidades de até um milhão de habitantes) ou melhor ainda nas forças armadas. O que pude notar é que os Agentes Penitenciários são a ralé da segurança pública, e eles sabem disso! Porém não aceitam ou não querem aceitar tal estigma, o sonho deles é ter equiparação salarial e de benefícios de seus primos ricos, Polícia Militar, Cívil e o mais ostentada cargo de bombeiro, sem contar o alto escalão da segurança pública, as polícias federais.

Os salários são bons, as regalias (benefícios) bons, trabalho não é puxado, não tem muita pressão como bater meta, ou vencer o robô que fica cuspindo 10 tonelada/hora de grãos em sua cara. Tem sim as partes ruins do trabalho, as partes tensas e com riscos da sua integridade físicas, mas elas acontecem esporadicamente.

O salário inicial do Agente Penitenciário em MG é de R$ 4.098,00 ( O de Policial Militar, Bombeiro e Cívil são bem maiores), não foi incomum eu encontrar porteiros e recepcionistas que ganhavam 6k na penitenciária. E devido a essa crise que estamos passando na segurança pública, tenho certeza que vão receber aumento, ainda este ano.

O que descobri também: É uma área bastante sexista!!

Mulheres têm muito mais privilégios e benefícios que os homens, porém diferentemente da área privada onde isso acontece de forma velada e política, os benefícios delas são regulamentados por lei orgânica, tanto estadual quando nos decretos da SEAP (Secretária de Estado de Administração Penitenciária). O que já de início, ainda nas aulas teóricas do curso de agente penitenciário já me causava certa revolta. 

Para se ter uma idéia da  discrepância, na lei, o Agente Penitenciário de Segurança Prisional (ASP) "MASCULINO" tem de passar por revista íntima ao entrar e sair da penitenciária. A revista íntima é proibida de ser feita em ASP do sexo feminino, mesmo sendo realizada por outra mulher. Para se ter uma idéia, a revista íntima hoje em dia é proibida até em visitas íntimas dos presos (Mulheres e meninas, sim meninas de 16 anos, que vão lá dar pros presidiários) mesmo havendo suspeita que elas estão portando drogas e celulares nas áreas íntimas.

A idéia de ter de pagar bundão, andar agachado, fazer agachamento arreganhando o ânus para outro homem me tirava o sono. Porém, graças a Deus essa é uma lei onde é feita vista grossa, os ASPs da penitenciária não faziam seus colegas passarem por essa situação todos os dias (é feita sim, em caso de suspeita de tráfico ou outras coisas), o que posso dizer é que não tive de passar por isso! Mas segundo dizem, há ASPs que já passaram por isso. Se não engano, o pessoal também estavam lutando para derrubar isso no papel.

O primeiro contato

Fonte: http://uipi.com.br/wp-content/uploads/2012/11/cadeia-no-brasil.jpg

Não vou negar que estava com muito, mas muito medo mesmo de adentrar os corredores da penitenciária. O que eu sabia sobre elas eram apenas o que é falado na mídia, nos vídeos de WhatsApp sobre rebeliões.

E muitas professores do curso teórico, fizeram questão de maximizar o lado ruim do local também, aquelas coisas militares de fazer pressão psicológica e tal. 

Falaram dos companheiros que pegaram tuberculose e hanseníase nos corredores da penitenciária, nas tentativas e artimanhas dos presos aidéticos em querer contaminar os agentes, através de lançamento de agulhas contaminadas nos ASP, ou então nos confrontos diretos, ou de inseri-las em locais estratégicos para que o ASP se espete na mesma. Nos arremessos de objetos cortantes e pedras nos agentes enquanto estes caminham pelos corredores; Nos arremessos de marmitas cheias de bostas e mijo nos ASPs. Nos companheiros que quase e os que foram agarrados pelos presos, por terem passado perto demais das grades, e quase foram estrangulados. Nos casos e casos em que os presos atacaram o agente que o estava conduzindo para um atendimento fora da cela (advogado, médico, direitos humanos, ongs, igrejas, psicólogos, ninfetas vadias, etc). Nos casos onde você e mais dois companheiro tem de entrar dentro de uma cela lotada de bandido, armado apenas com porrete e tonfa, e dar um geito de salvar a vida de outro preso. Amigos que foram pegos em rebeliões e nunca mais foram os mesmos, amigos que foram assassinados fora do trabalho. Enfim, coisas que eu nunca sonhava em passar, devo relatar que nunca dei sequer um soco em alguém.

Confesso que adentrei os portões da penitenciária com o cú não mão e com medo até de minha sombra, meus sentidos, visão e audição estavam aguçados ao extremo, adrenalina nas alturas. Isso é algo que notei nos antigões (Agentes que trabalham mais de 6 anos nos presídios e penitenciárias). Eles possuem bons ouvidos ou pelo menos são muito atentos aos detalhes sonoros, cheiros e movimentos, nem todos é claro, mas os que se destacam na profissão, naqueles em que você quer que esteja perto quando uma merda acontecer.

Mas para minha surpresa, o local não é assim um bicho de sete cabeças, a adrenalina e o medo foram logo passando pela quantidade de recrutas que haviam, e o local não era assim tão sujo. Devo dizer com toda certeza que o centro de Belo Horizonte fede mais que um pavilhão da penitenciária em que estava. A gente quase não tem contato com presos, para se chegar até o corredor onde ficam as celas, tem de se passar por muitas gaiolas até chegar lá.

A imagem abaixo representa bem como são os corredores de onde eu estava:

fonte: http://www.meionorte.com/uploads/destaque/2015/4/11/thumb/thumb-r-660x456-0x0projeto-registrar-sera-implantado-em-todas-as-penitenciarias-do-piaui-afirma-sejus-pi-fc63b0c2-b19d-47ca-adaa-678f889ad058.JPG

Como se pode ver, para alguém que já trabalhou todo emporcalhado em oficinas mecânicas e em fazendas. Dá para encarar a sujeira do local com muita tranquilidade. 

Para não deixar a leitura muito extensa, vou repartir esta postagem em duas ou três partes. 

Eu ainda não me tornei um agente penitenciário, ainda estou como analista educacional. A primeira vez que comentei sobre isso aqui no blog foi nesta postagem.  

Porém muita coisa mudou de lá para cá! Se as condições fossem as mesmas, com certeza eu iria para o ASP, porém recebi um aumento salarial (na verdade, meu cargo público sofreu), onde meu salário foi de R$ 2.200,00 para R$ 3.300,00 bruto. 

Tenho até o dia 20/01/2017 ou menos para dar meu parecer final sobre isso! Trocar de concursos ou não trocar? Até hoje não me decidi. O lugar onde estou é muito tranquilo e bom, e sempre vou estar rodeado de pessoas com índoles melhores que as que estão presas. Porém em termo salarial, a área da educação nunca, mas nunca chegará nem perto do Área da Segurança Pública.

E você, o que faria?

Não perca as próximas cenas.

www.arquivos-virtuais.blogspot.com












 
 

  


 




  

13 comentários:

  1. Parabéns pela postagem, é sempre bom saber como são as outras áreas vindo de quem trabalha nelas.

    ResponderExcluir
  2. A paz de espírito vale mais que mil reais a mais no contra cheque.

    Vc é muito novo para parar de estudar.

    Abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meus irmãos meio que falam a mesma coisa Scant Tales

      Excluir
    2. Concordo com o que disse o Scant ... Voce viu o lado bom, mas, arriscar a vida e estar rodeado de gente ruim nao vale a pena Vidinho.

      Abraço

      Excluir
  3. porra que foda heim, tem que ver a longo prazo, há a possibilidade de algo acontecer sim, no quesito integridade física. Mesmo que ínfimo mas há. Tem que ponderar se haverá aumento salarial aí dentro, ou vc fica na monotonia da educação publica e também pondera se haverá aumento salarial lá, e se sim, quanto. É uma questão dificil, se fosse pela if eu arriscaria em ficar na penitenciária mesmo se a pretensão de aumento salarial por tempo de atuação fosse valer a pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jovem Frugal

      As duas carreiras possuem plano de carreira, onde o salário aumenta com o passar do tempo ou com nível escolar mais alto.

      O Plano de carreira do ASP é bem melhor que o plano de carreira do ANE, sem dúvida alguma.

      Se for pensando apenas em dinheiro, o ASP se destaca em todos os quesitos.

      Excluir
  4. Acho que o tempo passa... e a coisa mais importante é a QUALIDADE DE VIDA... 1000 a mais ou menos não vai te empobrecer... especialmente pq vc já saiu da ignorância financeira...
    Pense que se vc não trocar de trabalho, vai ter mais qualidade de vida e mais bem estar pra estudar pra um concurso melhor... "dar um passo pra trás" pra poder dar 3 pra frente!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pãodurismo

      Tomara que esteja certo, que meu passo para trás me dê um impulso para eu dar mais três a frente.

      abs

      Excluir
  5. Arquivos virtuais 60 horas em uma penitenciaria parte 1

    Acho o relato interessante para ler, mas sem despir do "preconceito" com esse sistema penitenciário, porque, bem... como você disse no post. Impressionante que tenha enfermeiras, dentistas, médicos de plantão aí nesse SP de MG, mas acho que nem todos tem essa estrutura assim. Você pegou uma bem tranquila.

    Cara, eu já servi ao exército. Dei tiro de "sete meia dois" e Glock, mas não vale a pena a carreira não para quem entra de soldade, sargento. Soldado recruta passa mais tempo capinando mato no sol quente, cri-cri, e se enfurnando no mato em missões de simulação de guerra. Fiz uma no interior da Paraíba onde passamos quatro dias sem fazer nada, no meio do mato, a base de raçao alimentar operacional R2, dormindo em barraca, tomando banho com carro pipa, e fogueira à noite pois não tem luz (fica só um refletorzão iluminando o pátio principal). E no quinta dia foi sim a formação tática mesmo, saindo à meia noite e ficando acordado daí em diante. Mas isso ocorre só uma vez ao ano, a maior parte é a rotina de sempre de tirar ronda de serviço à noite, onde você mal dorme quatro horas e já liga no serviço no outro dia (maior motivo do desgosto militar é esse).

    Enfim, tenho muitas histórias daquele tempo de recruta. Cheguei a juntar 8k com o soldo, porém já perdi tudo com um empreendimento aí que não vingou. Acho que voltaria, se tivesse como, mas para a carreira da marinha. Abriu recentemente vagas para aprendiz marinheiro, eu iria cursar o ensino médio lá de novo e ter aprender a formação basica da marinha, em regime de internato, mas eu queria fazer mesmo para sair da pindaíba e ter uma grana entrando na conta que me desse uma independência. Infelizmente não entrei por não ter o pé de meia pra passagem e estadia.

    Sei que vou ler aqui nas postagens antigas.. vi que vc era da linha de produção agrícola. Realmente, para a carreira militar vale a pena entrar como oficial. O tenente lá mais jovem tinha menos de 23 anos (com aparência abatida de 30, acho que resultado da rotina puxada) já tirando um soldo de 6k, o carro dele era um Corolla.

    4k de agente penitenciário aí em MG supera o soldo de soldado bombeiro aqui (2k). Posso nem imaginar o de PM.. O cara com um soldo desses é deus em cidadezinhas. 2,5k mesmo já dá pra ser visto como playboy em Sobral.

    Existe curso para concurso agente penitenciário? Ce ainda deve tar como analista educacional, mas os riscos são demais, há que se pensar se vale a pena. Sinceramente, não sei se tenho coragem pra isso. Seu relato ficou com cara de conto de Marçal Aquino ou Rubem Fonseca, gostei demais de ler. Se encontrasse ficção com essa temática nos livros, baixava.

    Cara, vc sabe o que é melhor pra vc. Vc é da área educacional? Professor? Vi que perguntou no final da postagem. O aumento salarial do cargo é muito bom. Acho que se as condições permitem e se o trampo é limpeza, vale a pena ficar com o que paga mais. Boa sorte na trilha pra IF.

    É sempre muito bom ler relatos de outras áreas, vindo de quem tem experiência de causa. Vou te adicionar no meu blogroll. Mantenha contato pelo hangouts, se você usa o perfil do G+. (É só aceder a hangouts.google.com que vc logo entende porque é o melhor canal).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Futuro Alfa

      Obrigado por compartilhar sua experiência conosco.

      Carreira militar, realmente rala muito no início, mas com o tempo você só vai ficar atrás dos médicos e empresários em relação ao salário.

      Eu também gostaria de ser mais novo e entrar nessas escolas de oficiais, a idade traz conhecimento para vermos as oportunidades que perdemos na juventude.

      Excluir
    2. Futuro alfa

      Vc tem blog?

      Não consegui acessar seu perfil, pois está bloqueado

      Excluir
    3. Pois é bixo, não sei porque nossos pais não dão as dicas quentes pra gente ter uma vida melhor no futuro. A maioria caga filho no mundo (eu por exemplo) e deixa a deus dará, depois fica colocando a culpa em mim pela miséria deles.

      Não é bloqueado, só é privado.

      Vou te mandar o convite, tem como você me mandar o teu email? Pode ser lá pelo Hangouts, se não quiser publicar aqui. Acho que já falei do hangouts, né? Mas como teus commentarios passam por moderação, vou te passar meu email, aí fica mais fácil (porém não publique/aprove ele).

      Excluir